Fique Atento ...

Loading...

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Matéria Do 2º Colegial Diversidade Brasileira.


Música:
Chico Buarque
O meu pai era paulista
Meu avô, pernambucano
O meu bisavô, mineiro
Meu tataravô, baiano
Meu maestro soberano
Foi Antonio Brasileiro
Foi Antonio Brasileiro
Quem soprou esta toada
Que cobri de redondilhas
Pra seguir minha jornada
E com a vista enevoada
Ver o inferno e maravilhas
Nessas tortuosas trilhas
A viola me redime
Creia, ilustre cavalheiro
Contra fel, moléstia, crime
Use Dorival Caymmi
Vá de Jackson do Pandeiro
Vi cidades, vi dinheiro
Bandoleiros, vi hospícios
Moças feito passarinho
Avoando de edifícios
Fume Ari, cheire Vinícius
Beba Nelson Cavaquinho
Para um coração mesquinho
Contra a solidão agreste
Luiz Gonzaga é tiro certo
Pixinguinha é inconteste
Tome Noel, Cartola, Orestes
Caetano e João Gilberto
Viva Erasmo, Ben, Roberto
Gil e Hermeto, palmas para
Todos os instrumentistas
Salve Edu, Bituca, Nara
Gal, Bethania, Rita, Clara
Evoé, jovens à vista
O meu pai era paulista
Meu avô, pernambucano
O meu bisavô, mineiro
Meu tataravô, baiano
Vou na estrada há muitos anos
Sou um artista brasileiro

terça-feira, 27 de abril de 2010

Pesquisa de campo


Local escolhido : Bairro do Brejo

O local escolhido se localiza em zona rural, o local aparenta-se ser simples e tranquilo. Há várias casas de madeira, bastante animais, há também um pesqueiro onde pude observar que é um local não muito movimentado, vi casarõens antigos e etc. Também pude observar os habitantes daqueles locais, eles parecem ser pessoas simples, as pessoas que trabalham estão ligados ao serviço da agricultura, criando seus negócios, como plantações e animais.
Elas também aparentam-se ser de igreja, pois as maioria das casas que visitei tinham algum objeto relacionado a religião, como, bíblia, santos, quadros, entre outras coisas. Também há outras pessoas que seguem outros tipos de ambiente, outras religiões e outros lugares.

Conclusão: Em um mesmo ambiente pude observar várias pessoas diferentes, com estilos, classes sociais, cor, religião e seu modo de ser diferente. E o local é um lugar simples e tranquilo.

sexta-feira, 12 de março de 2010

Estranhamento da realidade


Encaramos o mundo como tudo natural, como se as coisas e o mundo sempre fossem assim. É preciso "treinar o olhar" e construir um olhar sociológico para a realidade e esse se faz com base no estranhamento do cotidiano.
O olhar sobre as coisas no mundo não é neutro e sim cheio de "prenoções". É preciso quebrar a tal forma de olhar a realidade.
sobre como toda nossa visão da realidade está marcada por julgamentos, prenoções, sentimentos, preconceitos, que são influenciados pelas mediações das mídias, das escolas, das famílias, das religiões, dos partidos políticos, etc.
Para desenvolvermos a capacidade de pensar de forma crítica e autônoma precisamos nos afastar de muitas dessas mediações, temporariamente, colocá-las "entre parenteses", para observarmos a realidade e podermos analisá-la, comparar com o que pensávamos antes e chegarmos a novas conclusões. Dessa maneira formamos novos valores ou mantemos os que consideramos que são importantes para nossas vidas. Vamos assim consolidando um conjunto de valores que vão formar a nossa ética, que é a base para nossas tomadas de decisões.

Sociologia como ponto de vista


Por que é importante entender a especificidade do olhar sociológico para a realidade? Qual é esse olhar?
O treino do olhar é o primeiro passo na construção de um olhar sociológico para a realidade, e este se faz com base no estranhamento do cotidiano. Estamos acostumados a encarar tudo como natural, como se o mundo e as coisas que nos cercam são "naturais" e sempre foram assim. Para desenvolver um olhar sociológico é preciso quebrar tal forma de encarar a realidade.
video

Sociologia


A Sociologia nasce com a missão de oferecer condiçõens aos homens, para entender a sociedade em que vivem de maneira racional e questionadora.
A sociologia é uma ciência que procura compreender a ação social.